Antecipação do FGTS inativo: vale a pena?

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

O calendário de saques do FGTS inativo já foi divulgado e muitas instituições financeiras lançaram linha de crédito para que os brasileiros possam antecipar este valor.

O negócio funciona da seguinte forma: o banco vê o valor que o trabalhador terá direito a sacar e o antecipa, cobrando juros.

Foto: Reprodução

Se o recurso for utilizado para pagar algo de extrema urgência (como uma cirurgia ou tratamento de saúde emergencial), para o qual seria necessário buscar recursos externos, usando o limite de cheque especial, por exemplo. Ou para pagar dívidas em atraso em que há cobrança altíssima de juros, como o limite do cheque especial e rotativo do cartão de crédito. 
Entretanto, essa ação deve fazer parte de um planejamento para sair da inadimplência de forma definitiva, que inclua a educação financeira.
Mas se a pessoa deseja usar o valor para realizar um de seus sonhos, afinal irá pagar juros quando poderia esperar, sacar a quantia total e obter descontos pagando à vista; a negociação da dívida em aberto resultou em taxas menores das que as instituições financeiras estão cobrando pelo adiantamento. Pode ser que um empréstimo consignado ofereça taxas melhores, portanto, pesquise antes. Agindo com parcimônia e de forma planejada, é mais fácil tomar decisões assertivas.
Muito embora esse dinheiro chegue em boa hora, ajudando grande parte dos brasileiros, é de extrema importância que cada pessoa reavalie o seu comportamento financeiro. Afinal, se não combater a causa, em pouco tempo os problemas ressurgem.
Observe que essa injeção de recursos funciona como um medicamento e não como uma vacina. Quando uma pessoa está doente e toma um remédio, fica curada. Mas, se não se cuidar, muito provavelmente, cedo ou tarde, ficará doente novamente. Como lembra o ditado, “é melhor prevenir do que remediar”.
Portanto, o segredo está em mudar o comportamento e não apenas usar essa renda extra tão importante apenas como um meio para resolver problemas de forma temporária.

Déborah Santos
17/03/2017

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.