Amigos alegam ter sido vítimas de homofobia em Patos de Minas

A Polícia Militar registrou o caso como lesão corporal.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Suposta homobobia em Patos de Minas
Na confusão, um jovem de 25 anos levou uma pedrada na nuca
Foto: Reprodução

Patos de Minas – Uma briga nas proximidades de uma padaria, no cruzamento da Rua Dr. Marcolino com a Avenida Paranaíba, virou caso de polícia na madrugada de terça-feira (14/9). Três amigos alegam terem sido vítimas de homofobia. A Polícia Militar registrou o caso como lesão corporal.

Segundo o boletim de ocorrência, os amigos relataram, que o suposto agressor, de 23 anos, teria ficado nervoso pelo fato de um deles, de 25 anos, não ter lhe respondido num aplicativo. O suposto agressor e a suposta vítima teriam “ficado” certo tempo atrás, mas a “relação” durou uma noite.

O suposto agressor e os três amigos começaram a discutir na rua. Com os ânimos aflorados, o suspeito teria iniciado as agressões. Um dos amigos, de 21 anos, para se defender, atirou um doce na cara dele. Em ato continuo, o suspeito teria atirado uma pedra que atingiu a nuca do jovem de 25 anos (ex-ficante).

O terceiro amigo, também de 25 anos, relatou que foi ameaçado pelo suspeito. Policiais militares compareceram ao local e conduziram o suposto agressor e os três amigos até a delegacia de Polícia Civil. Depois de serem ouvidos, eles foram liberados.

Após sair da delegacia, os três amigos retornaram para a padaria. Lá eles encontraram novamente com o suspeito. Imagens, gravadas com celular, mostram a discussão. Assista:

Em vídeos nas redes sociais, os três amigos classificaram o episódio como homofobia. Um deles, de 21 anos, ficou revoltado com o fato de terem sido conduzidos para a delegacia dentro do cofre da viatura.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.