América e Cruzeiro empatam no Independência e a decisão será no próximo domingo (23)

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A partida ficou empatada em 1 x 1 e a decisão da semifinal será no próximo domingo (23) no Mineirão. 

Foto: Washington Alves/Cruzeiro

Em um clássico equilibrado, mas que deixou a desejar no aspecto técnico, América e Cruzeiro ficaram no 1 a 1 no jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro, neste domingo, no Independência. O Coelho saiu na frente aos 16 minutos da etapa final com o zagueiro Messias, mas o time de Mano Menezes conseguiu a igualdade pouco depois com Thiago Neves.
Com o resultado, a Raposa manteve a vantagem adquirida na primeira fase do Estadual e precisa apenas de um empate na partida de volta, no próximo fim de semana, no Mineirão, para chegar à final. Já o time de Enderson Moreira só se classifica com uma vitória.
O jogo
O primeiro lance de perigo do jogo também foi polêmico. Aos 14 minutos, Arrascaeta avançou pela direita, invadiu a área e caiu após ser puxado por Rafael Lima. O árbitro Igor Júnio Benevenuto não viu falta no lance e mandou o jogo seguir. 
Aos 18, Thiago Neves recebeu na intermediária e acetou um foguete cruzado de perna esquerda. Bem colocado, João Ricardo espalmou pela linha de fundo. Na cobrança do escanteio, Manoel testou firme e a bola passou triscando o travessão.
O América passou a se aventurar mais no ataque a partir dos 20 minutos e teve duas chances de ouro para sair na frente. Aos 25, após boa tabela entre Hugo Almeida e Gustavo Blanco, a bola sobrou que Renan Oliveira, que se livrou de Hudson e, cara a cara com Rafael, finalizou por cima do gol.
Aos 37, Renan ganhou de Mayke na linha de fundo e rolou para Gustavo Blanco. O meia já dominou se livrando da marcação de Léo e bateu firme, mas Rafael fez uma defesa sensacional e salvou o Cruzeiro.
O América voltou melhor no segundo tempo e, merecidamente, abriu o placar aos 16 minutos. Gérson Magrão cobrou escanteio pela direita, a bola passou por três defensores celestes na pequena área e ficou limpa para Messias, que mandou para o fundo da rede. 
A resposta celeste foi quase imediata. Aos 21, Ariel Cabral descolou ótimo passe para Diego Barbosa, que avançou pela esquerda e cruzou rasteiro. Thiago Neves apareceu como um centroavante e bateu firme, sem chances para João Ricardo.
Aos 38, após cruzamento da esquerda, a bola passou por Hugo Almeida e sobrou limpa para o pequenino Auro, que cabeceou sozinho, mas sem direção. 
A última chance do jogo foi do Coelho. Auro cobrou lateral na área, Ruy subiu bem e cabeceou no canto direito de Rafael, que voou para evitar a derrota celeste.
América 1 x 1 Cruzeiro 
Motivo: Jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro
Local: Independência, em Belo Horizonte (MG)
Árbitro: Igor Júnio Benevenuto (MG)
Assistentes: Pedro Araújo Dias Cotta (MG) e Ricardo Júnio de Souza (MG)
Gols: Messias, aos 16 min do 2ºT, Thiago Neves, aos 21 min do 2ºT
América: João Ricardo; Auro, Messias, Rafael Lima e Ernandes; Gustavo Blanco, Juninho, Gérson Magrão (Mike) e Renan Oliveira (Ruy); Felipe Amorim (Alex Silva) e Hugo Almeida. Técnico: Enderson Moreira.
Cruzeiro: Rafael; Mayke (Henrique), Léo, Manoel e Diogo Barbosa; Hudson, Ariel Cabral, Thiago Neves, Arrascaeta (Alisson) e Rafinha (Ramón Ábila); Rafael Sóbis. Técnico: Mano Menezes.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -