AMAPAR lançará campanha para ajudar afetados pela pandemia no Alto Paranaíba

Dentre as ações está distribuição de cestas básicas para famílias carentes.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Enfrentar os impactos sociais e econômicos gerados pela pandemia é um compromisso da AMAPAR. O presidente da Associação, César Caetano de Almeida, prefeito de Carmo do Paranaíba, lançará durante assembleia agendada para esta terça-feira (20), a campanha “Alto Paranaíba Cidadania”.

A campanha será realizada em duas frentes, a primeira, e emergencial, é o “socorro” às famílias em situação de vulnerabilidade e instituições sociais da região. Sabemos que com a pandemia, a falta de itens básicos na mesa de milhares de pessoas é uma realidade que precisa ser enfrentada com a união dos municípios, empresas e instituições. Para isso, o presidente da AMAPAR discutirá com prefeitos, algumas medidas que podem ser implementadas em seus municípios, através das Secretarias Municipais de Desenvolvimento Social, que poderão fazer o mapeamento e atendimento dessas famílias e instituições que necessitam de apoio. Por outro lado, a AMAPAR inicia a partir de agora, uma grande mobilização junto às empresas da região, para que doações de alimentos, itens de higiene e outros produtos básicos cheguem às populações mais necessitadas.

Em outra frente, e a longo prazo, a AMAPAR quer somar esforços para promover a retomada da economia no Alto Paranaíba. Para isso, pretende alinhar com prefeitos, ações que podem ser implementadas pelas prefeituras para fomentar o comércio local, promovendo a recuperação dos postos de trabalho, melhorando a arrecadação municipal e trazendo novas oportunidades de crescimento em um cenário pós-pandemia. Para isso, o presidente da AMAPAR, vem buscando parcerias, como a do Sebrae, na capacitação de prefeitos e servidores, através do programa Cidade Empreendedora, que traz uma série de soluções para que os municípios consigam criar um melhor ambiente para os negócios em suas cidades.

César Caetano lembrou que o país vive uma situação de “guerra”, e que as consequências sociais geradas pelo enfraquecimento de vários setores econômicos é um sério desafio para os municípios. “Nós temos dois problemas graves se avizinhando, a situação de empobrecimento do povo e a retomada da economia. Precisamos criar mecanismos sociais, para que possamos olhar para o povo com o mais profundo respeito e o sentimento de cidadania. Precisamos nos reunir e discutir o que fazer com esse empobrecimento gigantesco que já está sinalizado”, alertou o presidente da AMAPAR.

Para o presidente da AMAPAR, é importante que os prefeitos do Alto Paranaíba, da mesma forma que alinharam suas ações nas medidas de enfrentamento à Covid-19, agora dialoguem e definam ações que minimizem esses impactos sociais, e ao mesmo tempo, promova o fomento da economia local e regional, neste momento em que vários setores retomam suas atividades. Em outra frente, além dos gestores municipais, César Caetano lembra que o momento é também de contar com o apoio das Câmaras Municipais, dos setores empresariais, universidades e entidades, a exemplo do Sebrae, que tem sido um importante parceiro dos municípios.

“A AMAPAR vai sair na frente de novo, por enxergar a realidade que está batendo em nossa porta. A proposta está lançada e contamos com o apoio de todos os parceiros, no lançamento de um programa social coletivo, com a participação dos nossos dezoito municípios”, comentou César Caetano.

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Para denunciar um comentário ofensivo clique na bandeira vermelha.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.