Alunos de Engenharia Civil desenvolvem projeto de preservação de nascente

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
1544446069.jpeg
Foto: Divulgação (Prefeitura de Patos de Minas)

Alunos e professores da Escola Estadual Cônego Getúlio já podem comemorar. É que a nascente situada na área interna da escola e utilizada para educação ambiental dos alunos será aproveitada, em benefício da escola, graças à iniciativa dos formandos do curso de Engenharia Civil do Centro Universitário de Patos de Minas (UNIPAM), Bruno Gonçalves Camargos e Henrique da Silva Luís, que desenvolveram o projeto técnico hidráulico e hidrológico para o aproveitamento sustentável da água proveniente da nascente.

Atualmente, toda a água que aflora da nascente é direcionada para a rede de esgoto e, com o projeto, ela será canalizada, tratada, armazenada e direcionada para uso não potável no interior da escola como irrigação de jardins, limpeza geral da escola, descarga de mictórios e vasos sanitários. O aproveitamento da água implicará em uma redução estimada de 45% do valor total da conta de água do educandário, resultando em uma economia anual de R$8.400,00.

Para a execução do projeto, que tem como valor de investimento R$34 mil, os alunos conseguiram o apoio da Prefeitura de Patos de Minas, através do Programa Municipal Pronascentes para buscar e captar os recursos necessários. Com a aprovação do Coletivo Local de Meio Ambiente (COLMEIA), o projeto foi enviado ao Programa Chuá Socioambiental e selecionado pela Copasa, para receber parte dos recursos. Os cerca de R$17mil doados pela Copasa serão utilizados para instalação dos equipamentos de coleta e armazenamento da água, mediante cumprimento de gincanas socioambientais realizadas pela Escola.

De acordo com o idealizador do projeto, o estudante Bruno Camargos, que também é servidor da Secretaria Municipal de Planejamento, o restante dos recursos necessários para concluir a execução do projeto, cerca de R$16 mil, foi pleiteado junto ao Conselho Integrado de Meio Ambiente (CIMA), que analisará a viabilidade para liberação da verba. “Nós esperamos que o CIMA olhe com carinho nosso projeto e ajude-nos com o restante dos recursos”, ressaltou Bruno.

“Desde que apresentamos o projeto nós tivemos um apoio muito grande da Diretoria de Meio Ambiente, através do Pronascentes que realizou uma palestra ambiental no dia 26 de setembro deste ano, com os alunos da escola, no espaço onde está situada a nascente. O intuito foi de sensibilizá-los sobre a importância da preservação ambiental desta nascente e do projeto que será implantado”, destacou Bruno, informando que também foi realizado, junto com os alunos, o plantio de mudas apropriadas no canteiro ao redor da nascente.

Fonte: ASCOM UNIPAM

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS