Almir Junior conquista prata em Birmingham

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Brasileiro salta 17,41 m, bate recorde pessoal e leva Brasil ao pódio do  salto triplo no Mundial Indoor.

O mato-grossense Almir Cunha dos Santos, o Almir Junior, conquistou neste sábado, 3, a medalha de prata no salto triplo do Campeonato Mundial de Atletismo Indoor, na Barclaycard Arena, em Birmingham, na Grã-Bretanha. Foi a primeira medalha brasileira na competição e a 16ª em toda a história dos Mundiais em Pista Coberta.





- Continua depois da publicidade -

Com pouco mais de um ano de salto triplo – antes fazia o salto em altura –, Almir chega ao melhor resultado da carreira. Ele foi vice-campeão, com a marca de 17,41 m. Ele só foi superado pelo norte-americano Will Claye, ganhador do ouro, com 17,43 m, novo líder do Ranking Mundial, lugar que era ocupado por Almir, com 17,37 m. O português Nelson Évora, campeão olímpico de Pequim 2008, ficou com o bronze, com 17,40 m.

O saltador da Sogipa fez novamente uma prova consistente e nem a gripe forte que pegou em Porto Alegre (RS), antes da viagem para a Grã-Bretanha, comprometeu seu desempenho. Ele queimou dois dos seis saltos a que teve direito, mas teve a regularidade demonstrada nos meetings disputados nos Estados Unidos e Europa, com duas marcas acima de 17 m: 17,22 m na segunda tentativa e 17,41 m na quinta.

Com a bandeira do Brasil nas costas, ele mostrou-se extremamente feliz com a conquista da medalha, ao passar pela zona mista e conversar com a reportagem da SporTV. “Dei o meu melhor e realizei um sonho. Competir com esses caras é muito especial. São eles que estudo nos vídeos e vejo saltar”, contou o brasileiro. “Entrei na prova com a cabeça tranquila e fiz o que consegui treinar”, prosseguiu.

O bom resultado de Almir é uma esperança para o prosseguimento da grande história brasileira no salto triplo, iniciada nos anos 1950 por Adhemar Ferreira da Silva, bicampeão olímpico e autor de cinco recordes mundiais.

“Entrar nessa prova nunca foi um peso. Ao contrário, sempre foi uma motivação. É muito bom defender uma história, que deu tantas glórias ao Brasil”, comentou.

Almir vai receber a sua medalha de prata neste domingo, 4, às 14:45 de Brasília, na Barclaycard Arena.

Nas eliminatórias dos 60 m com barreiras, o carioca Gabriel Oliveira Constantino classificou-se para as semifinais deste domingo, 4, a partir das 12:05 de Brasília, ao terminar em quarto lugar na série 3, com o tempo de 7.72. Embora não tenha alcançado o objetivo de correr abaixo dos 7.60, Gabriel estava feliz. “Vou falar com meu treinador e tentar corrigir meus erros. Falhei na segunda barreira, o que comprometeu meu resultado”, lembrou o atleta, em entrevista dada ao SporTV.

Gabriel é treinado por Renan da Mota Valdiero, que faz parte da delegação brasileira em Birmingham. No Desafio Brasil Caixa Indoor, realizado no dia 17 de fevereiro, em São Caetano do Sul (SP), ele igualou o recorde brasileiro e sul-americano em pista coberta, com 7.60.

Neste domingo, no último dia do Mundial Indoor de Atletismo, uma das grandes atrações é a final do salto com vara, que tem a participação do campeão olímpico Thiago Braz da Silva. A prova está marcada para o meio-dia no horário de Brasília e terá transmissão pelo SporTV 2.

Os melhores atletas da temporada 2018 estão confirmados, o que deixa a expectativa de grande competitividade na briga pelo pódio. Thiago Braz entra no Mundial com a quarta melhor marca do Ranking Mundial, com 5,90 m, obtidos em Rouen, na França, no início de fevereiro.

Almir Junior garante medalha de prata em seu primeiro Mundial/ Foto: Globo Esporte

Fonte: CBAt


Clique aqui para ler essa matéria em sua fonte original.


FONTE: Portal Esporte Net

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -