Alerta vermelho: UTIs públicas beiram 100% de ocupação neste domingo

Em mensagem enviada a gestores da região, prefeito de Patos de Minas convocou todos para colaborar no combate à doença e frear o aumento de casos.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

A situação dos hospitais de Patos de Minas que atendem Covid-19 é de alerta total na tarde deste domingo, em especial tratando-se da rede pública. Isso porque o Hospital de Campanha (HC) atingirá, ainda hoje, ocupação máxima da ala de UTI, ou seja, nove internados. A última vaga será preenchida por paciente que será transferido do pronto-atendimento Covid-19, anexo à UPA. No Hospital Regional Antônio Dias (HRAD), nove das dez UTIs reservadas para doentes com a infecção estão ocupadas.

Segundo informações desses dois hospitais, a maior parte das UTIs está ocupada por pessoas de localidades vizinhas No HRAD, apenas um paciente reside em Patos de Minas, enquanto no HC são somente três moradores do município no momento. Na tarde de hoje, o prefeito Luís Eduardo Falcão enviou mensagem aos gestores da região alertando para esse cenário, o qual mostra claramente que o combate forte ao coronavírus precisa ser regionalizado.

“Venho encarecidamente pedir que façam o possível para conscientizar a população de seus municípios acerca dos cuidados necessários em relação à doença. Sabemos que a população está cansada, mas, agora que estamos enxergando luz no fim do túnel, não é momento de relaxar. Precisamos adotar medidas para brecar esse crescimento muito rápido, ou não haverá aumento de leitos que segure a situação”, escreveu o prefeito, acrescentando: “Fiscalização, conscientização, distanciamento, protocolos sanitários. Não tem outro jeito, Precisamos nos unir”.

Leitos clínicos – Em relação a leitos clínicos, o Hospital de Campanha também caminha para cenário preocupante: das 23 vagas ofertadas, 19 estão ocupadas, e o número subirá para 21 nas próximas horas, também por transferência de pacientes atendidos na UPA (ocupação será de 91,3%). Nessa ala, há oito moradores de outras localidades internados. No HRAD, ainda não foi possível apurar a ocupação na enfermaria Covid-19.

“Temos condições de aumentar a oferta de leitos no Hospital de Campanha. Mas é importante a comunidade entender que só isso não basta. A prevenção é a única forma de frear a contaminação. Nenhuma quantidade de leitos será suficiente se as pessoas não mudarem o comportamento”, disse a secretária de Saúde, Ana Carolina Magalhães Caixeta, reforçando a mensagem do prefeito.

Nem todos os hospitais particulares atualizaram o sistema neste fim de semana, o que impede a prefeitura de informar com precisão a taxa de ocupação na rede privada.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. A responsabilidade dos comentários é integralmente de seus autores. Comentários que são considerados como spam ou ofensivos devem ser denunciados diretamente ao Facebook. O Patos Notícias se reserva ao direito de remover postagens que violem seus termos de uso ou as leis vigentes sem prévia notificação. 

NOTÍCIAS RELACIONADAS

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.