Acusado de seis tentativas de homicídio é condenado por lesão corporal

O réu foi condenado a pena de um ano de prisão em regime aberto.

Compartilhe

COMPARTILHE NAS REDES SOCIAIS!
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on telegram

O justiça condenou o réu Adilson Soares Rosa a um ano de prisão em regime aberto pelo crime de lesão corporal. O julgamento aconteceu na tarde desta terça-feira (21/09) no Tribunal do Júri do Fórum Olympio Borges em Patos de Minas. O réu era acusado de seis tentativas de homicídio, porém os crimes foram desqualificados para lesões corporais.

De acordo com os autos do Ministério Público do Estado de Minas, no dia dos crimes, durante a festividade denominada “Esquenta”, o acusado desferiu golpes de canivete em seis vítimas, cinco homens e uma mulher.

Testemunhas que estavam no local, relataram que inicialmente, separaram uma briga de Adilson com outros dois indivíduos. Depois o acusado pegou um canivete e começou a golpear todas as pessoas que estavam por perto.

Após o fato, o acusado fugiu, mas foi localizado pela Polícia Militar, portando o canivete, uma faca e um espeto. Naquele dia, ele falou que interferiu em uma briga e que posteriormente golpeou todos que estavam por perto após ser atingindo por um golpe de “bengala de motocicleta”.

Em decorrências dos golpes, de acordo com os laudos médicos do inquérito, um homem sofreu um corte abdominal profundo com exposição das vísceras, a mulher sofreu grave perfuração peitoral no lado esquerdo e um corte profundo no tórax com exposição de vísceras, sendo os dois submetidos a cirurgias.

Outro rapaz sofreu dois cortes superficiais e um profundo no abdômen. Outra vítima sofreu um corte profundo no abdômen e um corte profundo no braço direito. Um homem sofreu um corte contuso de aproximadamente 15 cm e outro sofreu cortes na mão direita.

Após horas de debates, os jurados desclassificaram as tentativas de homicídio para lesões corporais. O acusado foi condenado a um ano de prisão em regime aberto, sendo liberado do presidio onde estava recolhido.

🔔 ATIVAR NOTIFICAÇÕES

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

Os comentários não representam a opinião do Patos Notícias. A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.