Acusado de estuprar enteada no Goiás é preso em Presidente Olegário

Suspeito vivia numa fazenda, na companhia da esposa, mãe da menina.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Homem de 37 anos foi preso na zona rural de Presidente Olegário.
Foto: PCMG/divulgação

A Polícia Civil do Estado de Goiás, por meio da equipe da Delegacia de Santa Cruz de Goiás/GO, após o compartilhamento de informações com a Polícia Civil do Estado de Minas Gerais, por intermédio da equipe da Delegacia de Presidente Olegário/MG, prendeu nesta segunda-feira (11/04) um homem de 37 anos, investigado pela prática do crime de estupro de vulnerável.

O fato ocorreu na cidade de Santa Cruz de Goiás, no ano de 2019, quando o investigado manteve relação sexual com a própria enteada, na época com 13 anos de idade, e a engravidou. Há informações de que o investigado abusava sexualmente da vítima desde quando essa possuía oito anos.

Após a adolescente dar à luz à criança, a mãe da adolescente a enviou, juntamente com a criança recém-nascida, para residir com familiares no Estado de Tocantins, tendo o investigado e a mãe da vítima se mudado para o Estado de Minas Gerais, uma vez que o fato teve repercussão no município onde residiam.

Nesse contexto, a Polícia Civil realizou a instrução da investigação e representou pela decretação da prisão cautelar do investigado, sendo o pedido acolhido pelo Poder Judiciário, após manifestação favorável do Ministério Público de Goiás.

Após o compartilhamento de informações entre as polícias civis, a equipe da Delegacia de Presidente Olegário/MG obteve êxito em fazer a captura do investigado em uma fazenda, naquele município, onde ele residia tranquilamente com a esposa, dando cumprimento ao mandado de prisão preventiva.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.