Acidente entre ônibus e carreta deixa mortos na BR-365 em Patos de Minas

Segundo a PRF, carro bateu em ônibus, que perdeu o controle e colidiu frontalmente em carreta.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Foto: Reprodução (Rede Social/WhatsApp)

Um grave acidente envolvendo um ônibus e uma carreta aconteceu na noite deste domingo (29) no km 420 da BR-365 em Patos de Minas. Várias pessoas ficaram feridas e quatro morreram.

Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), um automóvel Ford/Fiesta teria saído de uma estrada não pavimentada e entrado repentinamente na rodovia e batido no ônibus. O motorista do veículo de passageiros perdeu o controle, assumiu a contramão e colidiu de frente contra uma carreta que seguia sentido à Uberlândia. Com o impacto, ambos os veículos pegaram fogo.

- Continua depois da publicidade -
PRF prende suspeitos de provocar acidente com mortes na BR-365
Foto: Divulgação

O motorista do Ford/Fiesta teria deixado o local, porém foi abordado no Posto da PRF. O carro apresentava danos. Os dois ocupantes foram ouvidos pelos agentes. Eles confirmaram que teriam se envolvido no acidente com o ônibus. O teste do etilômetro (bafômetro), do jovem que dirigia na hora do acidente, apontou o resultado de 0.31 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões. O outro cidadão, que assumiu a direção após o fato, também fez o teste e o resultado foi 0.71 mg/L.

Os dois rapazes, ambos de 23 anos, foram presos e encaminhados para a delegacia de Polícia Civil. Eles podem responder pelos seguintes crimes: embriaguez ao volante; homicídio culposo na direção de veículo automotor e omissão de socorro.

As vítimas do acidente foram atendidas por socorristas dos Bombeiros, SAMU e do município de Patos de Minas. Elas foram encaminhadas para o Hospital Regional Antônio Dias (HRAD) e para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA). O número de feridos, segundo a PRF, é de 27 pessoas.

A PRF divulgou a identificação das vítimas fatais. Manacesar Bernardes da Costa tinha 47 anos e conduzia a carreta. Os três passageiros que morreram são: Antonio Souza Menezes, Rosilda Alves e Marcos Pedro da Silva.

O ônibus estaria transportando 28 pessoas e seguia de Campo Grande (Mato Grosso do Sul) para Recife (Pernambuco). Ele pertence a uma empresa que faz o transporte interestadual e intermunicipal de passageiros.

Neste trecho conhecido popularmente como “Curva da Serrinha” havia um radar fixo de fiscalização de velocidade. Ele foi retirado recentemente após o fim do contrato entre o DNIT e a empresa que fazia a manutenção.

Matéria em Atualização

- Continua depois da publicidade -

QUAL SUA OPINIÃO ? COMENTE!

Os comentários não refletem a opinião do portal. Não nos responsabilizamos por eles e em caso de descontentamento use a opção “Denunciar ao Facebook”. Você está sujeito aos nossos Termos de Uso.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

- Continua depois da publicidade -