48 pessoas são investigadas por suposto fura-fila em Patos de Minas

A suspeita é que algumas pessoas teriam sido indevidamente vacinadas na sexta-feira (4). A imunização de deficientes visuais está suspensa.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Polícia - antigo projeto saci - vacinação - patos de minas
Uma confusão se formou no antigo Projeto Saci, na sexta-feira (4), e até a Polícia Militar teve que ser acionada
Foto: Igor Nunes (Patos Notícias)

A prefeitura de Patos de Minas analisa 48 auto-declarações de deficiência visual entregues durante a vacinação contra a COVID-19 na última sexta-feira (4). Existe a suspeita de que algumas pessoas foram indevidamente vacinadas, visto que o uso de óculos não configuraria uma deficiência que impossibilite as atividades cotidianas.

As doses foram aplicadas entre as 8h e as 13h, quando foi suspensa a vacinação pela Secretaria Municipal de Saúde. A confusão se iniciou após um áudio ser divulgado no WhatsApp. Nele uma mulher informou se vacinava mediante apresentação de CNH com averbação “A”. Em nota, a prefeitura informou que somente “indivíduos com grande dificuldade ou incapacidade de enxergar mesmo com uso de óculos” tem direito a vacina.

Nesta segunda-feira (7), a prefeitura informou que 48 pessoas são investigadas pelo suposto fura-fila. Caso haja indícios de irregularidades o nome das pessoas será submetido ao Ministério Público que instaurará processo que pode culminar em responsabilização criminal.

A vacinação de deficientes visuais segue suspensa em Patos de Minas. A Secretaria Municipal de Saúde definirá novas regras e fará uma nova convocação.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

10 Comentários
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Sincero
08/06/2021 07:39

É..vamos ver os próximos capítulos. Só contratar um bom advogado! Heuheuheu…A vacina vai sair cara.

Jose Carlos Sales Campos
07/06/2021 23:00

Eh mesmo? Deficiência visual é comorbidade? É cômico. Se não fosse isso mesmo, seria para rir. Quanta imbecilidade.

Jose Carlos Sales Campos
Responder a   Jose Carlos Sales Campos
07/06/2021 23:06

Profissionais de saúde, caminhoneiros etc vão esperar. Kkkkk

Jose Carlos Sales Campos
Responder a   Jose Carlos Sales Campos
07/06/2021 23:19

Profissionais da educação, quis dizer.

Justiça
07/06/2021 20:45

A Prefeitura tentando tirar a responsabilidade sobre a falta de competência dos ditos “profissionais” que lá estavam prestando atendimento. Onde estava a informação detalhada de quais os tipos de deficiência visual era configurada grave? Será mesmo que num país onde uma boa parcela da população mal sabe assinar o próprio nome, vcs acham q é obrigatório saber que usar óculos de forma permanente não é uma deficiência irreversível. Sejam mais esclarecedores e capacitem os profissionais. Os relatos que venho acompanhando nas redes sociais é que as pessoas chegaram perguntando se quem usava óculos e constava na CNH eram aptos a… Ler mais...

Despreparo
07/06/2021 20:42

Impressionante como o despreparo, falta de profissionaliano e pessoas totalmente mau orientadas estavam trabalhando lá.
Como já houvi vários relatos eles estavam instrindos no preechimento das fichas e pedindo a CNV para ver se existia um simbolo. As pessoas estavam indo até lá para saber se era verdade é eles confirmavam, sendo assim a pessoa vacinava. Estão tirando a responsabilidade da prefeitura pela incompetência dos profissionais que lá estavam mau orientados.

Renata
07/06/2021 17:45

Levei meu marido la pela manhã com uma imensa passada laudo médico, INSS nada pediram ainda falei onde deixo os laudos dele disseram não precisa somente cartão de vacina o qual não tinha levado então pediu a identidade enquanto uma preenchia outra já o vacinou ainda perginypu qual de vcs 2 vai vacinar ,falta de profissionalismo e estamos no Brasil quantos aproveitam da situação ai por causa de uns a toa muitos pagam por isso,mas como todos as comordidades era necessário documento qual Porq q de deficientes e casos cegueira irreversível não levar???vai entender

eu memso
07/06/2021 14:13

Os profissionais de saúde que deveria nos informar sobre isso , não as pessoas que tomaram, na verdade muitos estão ansiosos para tomar logo a vacina.

Justiceiro
07/06/2021 13:59

Boa! Muito boa! Mas a Prefeitura deveria aproveitar também e fornecer o nome dos parentes de políticos e de apoiadores de campanha que também já foram vacinados por serem “protegidos”, para o que Ministério Público instaure processo de responsabilidade criminal e retire deles o poder de proteger os “queridos amigos”. Prestar também esclarecimento sobre as mais de 130 doses de outra remessa que supostamente “sumiram”.

De Direita
Responder a   Justiceiro
07/06/2021 15:18

Creio eu vc como bom cidadão e “Justiceiro” irá fazer uma denuncia ao MP caso a prefeitura não informe essas pessoas, porque se vc sabe e não denunciar vc é conivente com o crime, e ai, vai denunciar e dar nome aos “bois”, aguardo a sua justiça, Justiceiro!!!!!

A responsabilidade pelo comentário é totalmente de seu respectivo autor. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos serão removidos automaticamente. Achou um comentário ofensivo? Clique em "denunciar".

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER

REPORTAR ERRO

Sua privacidade é muito importante pra nós! Usamos cookies, rastreadores, para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências. Os cookies não permitem acesso a informações particulares, como nome, endereço, etc. Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.