Acusado de atrair vítima para morte é absolvido

Guilherme negou as acusações e disse que era amigo da vítima.
Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin

Guilherme Henrique da Silva foi a júri popular na tarde desta terça-feira (31/05) no Fórum Olympio Borges. Ele foi acusado de atrair Carlos Henrique Gomes Barros para que o amigo Alex Xavier Silva o matasse. O crime aconteceu no dia 20 de fevereiro de 2016 na Rua Pedro Queiroz de Melo no Bairro Residencial Sorriso em Patos de Minas.

De acordo com os autos do Ministério Público de Minas Gerais, na data do crime, Guilherme e Alex foram a casa da vítima. Guilherme teria se aproximado do portão e chamado a vítima pelo apelido de “Pretinho”.

Relembre o caso:
– Jovem é baleado dentro de casa, pula o muro e morre na sala da casa do vizinho
– Polícia Civil apresenta dupla acusada de homicídio no Bairro Residencial Sorriso
– Acusado de matar desafeto por dívida de droga é condenado a 13 anos

Ao abrir o portão e sair, Carlos Henrique foi surpreendido por Alex que o atingiu com quatro tiros. Mesmo ferida, a vítima conseguiu pular o muro e entrar na casa vizinha, pedindo por socorro. Entretanto, Carlos Henrique não resistiu aos ferimentos e morreu na sala da vizinha.

Segundo os autos do Ministério Público, a motivação foi que a vítima possuía uma dívida com Alex decorrente da aquisição de cinco gramas de pedra de crack. Já durante o depoimento nesta terça-feira, Guilherme negou ter atraído a vítima para o amigo matar. Guilherme falou que eram amigos e que no dia do crime, não sabia que Alex estava armado e com a intenção de matar “Pretinho”.

Ainda sobre o crime, Guilherme disse que Alex chegou pedindo apenas para chamar a vítima e que depois de ouvir os disparos, ficou transtornado e saiu do local. Ele foi preso em casa pela Polícia Militar.

Após algumas horas de julgamento, o acusado foi absolvido. O advogado de defesa, Cassio Araújo, disse que se o acusado fosse condenado seria uma tremenda injustiça. Dentro das provas arrecadadas durante o inquérito, nada comprovou que o acusado tivesse participação no crime.

QUAL SUA OPINIÃO? COMENTE!

1 Comentário
O mais novo
Mais antigo mais votado
Inline Feedbacks
View all comments
Leandro
01/06/2022 09:44

Pod esperar, nao se esqueça do juizo final. Ai sim este sera o julgamento.

A responsabilidade pelos comentários é dos respectivos autores. Eles não representam a opinião do Patos Notícias. Comentários com 15 votos negativos a mais que positivos são removidos.

NOTÍCIAS RELACIONADAS

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

REPORTAR ERRO

Usamos cookies para exibir anúncios e conteúdos com base em suas preferências.  Conheça nossa política de privacidade e nossos termos de uso.